Análise de dados para gestão

A análise de dados está visando aumentar a efetividade e eficiência dos negócios em suas operações.


A área da inteligência de negócios (BI – business intelligence) e análise de negócios (BA- business analytics) evoluiu rapidamente e passou a se concentrar em aplicações inovadoras para extração de conhecimento e insights junto a fluxos de dados que algum tempo atrás sequer eram capturados, muito menos analisados de modo significativo.


Como ciência de dados, aprendizado profundo, dados descritiva (a natureza dos dados, modelagem estatística, visualização de dados e inteligência de negócios), avançando para a análise de dados preditiva (mineração de dados, mineração de texto/WEB, mineração de redes sociais), depois para análise de dados prescritiva (otimização e simulação), chegando, por fim, aos tópicos de big data, tendências futuras, privacidade e considerações gerenciais.


Inteligência de negócios

O ambiente empresarial está em constante evolução, tornando-se cada vez mais complexo. Organizações, tanto públicas quanto privadas, veem-se pressionadas a reagir rapidamente e tal evolução e a inovarem seus modus operacionais. Isso exige que organizações sejam ágeis e tomem decisões operacionais frequentes, rápidas, estratégicas e táticas, algumas das quais são bastante complexas.


Ambientes de negócios e novas exigências

Aplicar análise de dados para desenvolver relatórios sobre o que está acontecendo, prever o que deve acontecer então tomar decisões para tirar o melhor aproveito da situação que se apresenta.

Tais etapas exigem uma organização para reunir e analisar vastas coleções de dados.

Tecnologias da informação são vitais para seus negócios e já as adotam de forma extensivas.


Tarefa de análise e solução de problemas, e boa parte disso por meio de tecnologias na nuvem, e, muitos casos acessados viam dispositivos móveis. Ferramentas de análise de dados BI como armazenamento de dados, mineração de dados, processamento analítico online (OLAP – online analytical processing) dashboards e uso de sistemas baseados na nuvem para apoio a decisões são os pilares da gestão moderna.


Evolução do apoio

Criar relatórios rotineiros para apoiar os tomadores de decisões (gestores) sobre o que ocorrera no período prévio (como um dia, semana, mês ou trimestre anterior).


Definição de BI

Inteligência de negócios (BI – Business intelligence) é um termo guarda-chuva que combina arquiteturas, ferramentas, base de dados, ferramentas analíticas, aplicativos e metodologia.


O principal objetivo do BI é possibilitar acesso interativos (as vezes em tempo real) a dados, permitir a manipulação de dados e oferecer a gestores empresariais e analistas a capacidade de conduzir analises apropriadas. O processo de BI baseia-se na transformação de dados em informações, depois de decisões e por fim em ações.


Ajuda ao cliente

Para se manter à frente da concorrência, executivos precisavam de ferramentas mais poderosas para administrar suas decisões de negócio, eliminando o processo tradicional, manual e demorado de agregar informações financeiras e afins necessárias para iniciativas práticas.


Integração de sistema e aplicativos

Aplicativos BI devem ser integrados com outros sistemas como base de dados, sistemas legados, sistemas empresariais (especialmente ERP e CRM), e-commerce (lado das vendas, lado das compras) e muito mais.


Visão geral análise de dados

A análise de dados pode ser vista como processo de desenvolvimento de decisões ou recomendações práticas para ações baseadas em vislumbres gerados por dados históricos.

Análise de dados descritiva

A análise de dados descritiva (ou de extração de relatórios) diz respeito a conhecer o que está acontecendo na organização e entender tendências e causas subjacentes de tais ocorrências. Isso envolve a consolidação de fontes de dados e a disponibilidade de todos os dados relevantes de um modo que permita a extração e análise apropriadas de relatórios. A partir dessa infraestrutura de dados, podemos desenvolver relatórios, consultas, alertas e tendências apropriados usando ferramentas tecnológicas de extração de relatórios.

Visualização de dados

Fornecer soluções de geração de relatórios para a organização como um todo, em seus diferentes departamentos, sem perder o equilíbrio entre capacidade de governança e de autoatendimento.


Prof. Anderson Thuner

Economista, Contabilista,

NBA Varejo (E.C) e Mestre em Gestão e Estratégia em Negócios - UFRRJ